Observa-se que o alcance de um desempenho eficiente nas organizações de saúde requer um controle de custos e a análise de indicadores apropriados para este setor (SOUZA et al., 2008).

Comparando com qualquer organização, informações adequadas e pertinentes são de vital importância para definir os processos e estratégias, e, cada vez mais, para a gestão nas organizações de saúde, considerando o papel social que representam. Desta forma, faz-se necessário que aproveitem da melhor forma os recursos disponíveis, promovendo atendimento de alta qualidade a preços sustentáveis, garantindo o futuro da organização (PAVIA, 2001).

Este aspecto é exigido de forma massiva, pois, segundo Gonçalves (1998), devido aos progressos tecnológicos na área de saúde serem constantes, os custos constituem fatores determinantes para uma boa gestão e, consequentemente, a sustentabilidade da organização. Uma releitura da obra de Heitger et al. (1992), realizada por Souza (2009), relata que não é possível realizar uma avaliação de desempenho adequada sem apoderar-se de informações sobre custos.

Nas organizações de saúde, como hospitais, clínicas e laboratórios, a análise de custos quando bem desenvolvida, permite a criação de vantagem competitiva, a qual possui poderoso papel como instrumento de gestão, pois estas organizações necessitam de gestores que não se foquem somente aos recursos, por vezes limitados, mas que otimizem o emprego desses recursos no atendimento de qualidade para satisfazer os anseios da sociedade (SILVA e DRUMOND, 2004).

Falk escreve que “os sistemas de apuração de custos recomendados passaram a ser considerados como o componente do sistema de informação financeira mais importante para a análise gerencial e tomada e decisões estratégicas da instituição” (FALK, 2001, p15. Apud SOUZA, 2009).

Otimizar os padrões de eficiência no uso dos recursos, alocados às atividades operacionais, é uma consequência das condições impostas pelo mercado, entretanto, uma significativa parcela das organizações de saúde ainda utiliza métodos contábeis tradicionais e, por várias vezes externos, à organização, desta forma não dispõe de sistema de gerenciamento de custos que ofereça informações necessárias ao controle de suas atividades ou para a tomada de decisões administrativas e de investimentos (ABBAS, 2001).

Você gestor, ao conhecer os custos das suas operações, se apropria de informações que proporcionam acurácia às decisões e ao controle, podendo, também, indicar onde ocorrem problemas nos processos e atividades componentes dos bens e serviços, acompanhar ações implementadas e escolher alternativas que levem às melhores decisões. Por fim, “calcular custos nada mais é do que entender a realidade da empresa” (WAELKENS, 2002 Apud SANTIAGO; GOMES e LIMA, p 9, 2004).

A Acreditar Consultoria Laboratorial tem serviços que irão auxiliar você gestor e administrador laboratorial a entender melhor os custos de produção do seu laboratório. Entre em contato.

Fique de olho

Entender os números administrativos financeiros do seu laboratório é uma grande vantagem competitiva no mercado.

Bibliografia consultada

  • ABBAS, K. Gestão de Custos em Organizações Hospitalares. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção). Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2001.
  • GONÇALVES, E. L. Estrutura Organizacional Do Hospital Moderno. Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 38, n. 1, p. 80-90, Jan/mar. 1998.
  • PAVIA, L. The era of knowledge in health care. Health Care Strategic Management, Chicago, vol. 19, n. 2, p.12-13, Feb. 2001.
  • SANTIAGO, J. S., GOMES, A. M., LIMA, D. H. S. A Utilização De Sistemas De Custos Em Instituições Hospitalares: Um Estudo Nos Hospitais Privados Da Cidade De Natal-Rn. In: XI Congresso Brasileiro de Custos, Porto Seguro, 2004.
  • SILVA, I. L.; DRUMOND, R. B. A necessidade da utilização de sistema de custos e de indicadores de desempenho na administração pública. In: CONGRESSO USP DE CONTROLADORIA E CONTABILIDADE, 4. Anais… 2004.
  • SOUZA, A. A. et al. An Analysis Of Information Systems Used By Hospitals. In: 5th International Conference on Information Systems and Technology Management, 2008, São Paulo.
  • SOUZA, A. A. et al. Controle De Gestão Em Organizações Hospitalares. Revista de Gestão USP, São Paulo, v. 16, n. 3, p. 15-29, Jul/set. 2009.
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vamos conversar!

falecom@acreditare.com | WhatsApp

AVISO LEGAL
As informações contidas neste site são apenas para fins de informação geral. Os dados que vocês fornecem ao entrar em contato utilizando o formulário são utilizados apenas para este fim. Saiba mais em nossa Política de Privacidade.

© 2015-2020 Acreditare | Soluções Estratégicas para Laboratórios